Eventos

Entrada Artigos Alimentação A Vez das Aves
A Vez das Aves PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 1
FracoBom 
Escrito por Carlos Ventura   
Segunda, 09 Junho 2008 21:08

in revista Natural BeijaFlor
2005 novembro

          Foram as vacas loucas, agora é a gripe das aves. As autoridades britânicas prevêem a possibilidade de 50 000 mortes, mas temem que poderão ser muitas mais. Em Portugal há previsões de 11 000 vítimas mas, também aqui, o número real pode vir a ser mais elevado. A gripe das aves já chegou à Europa, inclusivamente à Europa comunitária. E está assumido que estamos perante uma pandemia. A convivência entre os homens e os animais existe desde sempre, mas a produção intensiva é recente e continua a crescer de forma exponencial. Milhares de animais juntos e em espaços reduzidos, submetidos a condições impróprias, a alimentação desadequada, a medicação (clínica e subclínica) constante, têm inevitavelmente que desenvolver problemas novos e graves, tendencialmente incontroláveis. Nunca os seres humanos consumiram tanto alimento animal. Este excesso das nossas sociedades modernas exige a produção maciça de animais em tais quantidades que são criadas linhas de produção regidas por lógicas industriais, apesar de lidarem com seres vivos. Cada novo problema causado nos seres humanos pela proliferação de produções animais é mais letal. Mas a festa continua... e o negócio prospera. 

 

Subscreva Newsletter

Medicinas Não Convencionais


Receber em HTML?