Eventos

Entrada Artigos Acupunctura do Pé e da Mão Acupunctura do Pé e da Mão
Acupunctura do Pé e da Mão Versão para impressão Enviar por E-mail
Medicinas Não Convencionais - Acupunctura do Pé e da Mão
Escrito por Carlos Ventura   
Sexta, 22 Maio 2009 16:16

in revista Natural BeijaFlor 2009 março

SINAIS DOS MEUS TEMPOS


ACUPUNCTURA DO PÉ E DA MÃO
                                                                                                                                                       Carlos Campos Ventura

Na segunda metade dos anos oitenta, na Unimave, a que eu presidia e de que era o Director Técnico, abri as portas para que lá se leccionasse um curso de um tipo de Acupunctura quase desconhecida até então em Portugal: a do pé e da mão, no caso desse curso tendo o nome das palavras coreanas, Su Jok. Esta acupunctura coreana é exclusivamente exercida nos pés e nas mãos, utilizando agulhas minúsculas, de apenas um centímetro, e muito finas. O professor desse curso, Fernando Neves, convidou-me a frequentar esse curso, e o meu tempo foi muito bem empregue, porque desde então exerço esta técnica, tendo até hoje praticado satisfatoriamente milhares de tratamentos. A seguir e esse primeiro curso, frequentei nos anos seguintes mais seis com outra docência, inclusivamente do nível mais avançado, tendo oportunidade de usufruir de outros métodos do sistema coreano. Porque é que esta técnica tão simples me fascinou e me levou a praticá-la sistematicamente, tendo-a adoptado como parte importante da minha prática clínica?

No número de janeiro, a revista Natural Beija Flor publicou uma peça inteiramente dedicada à Acupunctura do Pé e da Mão, além de uma entrevista comigo em que também se falava desta temática. Até circunstancialmente esta atenção pública se justifica, porque este mês se inicia mais um Curso de Acupunctura do Pé e da Mão (ver www.institutohipocrates.pt). Apesar de toda a divulgação havida, há alguns aspectos que normalmente não são focados, mas que são evidentes após muitos anos de prática, e que merecem ser enunciados.

I- A acupunctura do Pé e da Mão é, na realidade, um micro-sistema, já que se aplica exclusivamente nas mãos e nos pés - ou seja, é uma reflexologia com agulhas, apesar de o tratamento poder também ser aplicado como massagem, ou com um bastão que pressiona os pontos e as zonas, ou com moxa.

II- Para quem desconhece o sistema, torna-se muito estranho que com seis dias de aulas o formando se torne capaz de praticar a acupunctura do Pé e da Mão. Isto deve-se a dois factos. O primeiro é que não é preciso diagnóstico; o outro é que nas mãos e nos pés não há pontos perigosos, o que deixa de tornar obrigatório o estudo aprofundado da anatomia.

III- Não exige diagnóstico porque, sendo um sistema reflexológico, o tratamento se exerce mecanicamente (mas com grande eficácia) nos pontos que dão sinal de dor/sensibilidade e/ou nos que correspondem às zonas do corpo em sofrimento.

IV- É claro que se o profissional de saúde que o pratica tiver capacidade de diagnóstico, terá todo o interesse em usar essa competência acrescida, e multiplicar a eficácia do tratamento ao tratar também com esta acupunctura outros órgãos relacionados com a raiz do problema.

V- Ao tratar em pontos das mãos e dos pés, torna-se muito prático e confortável – a pessoa não precisa de se despir.

IV- A Acupunctura do Pé e da Mão pode ser uma técnica usada de forma rudimentar. O que é extraordinário é que, mesmo assim, tem uma eficácia surpreendente. Ou pode ser um recurso terapêutico usado por um profissional evoluído – que assim o alia a outras capacidades – alimentação, fitoterapia, homeopatia…; diagnóstico, prognóstico…

Ou seja, a Acupunctura do Pé e da Mão em Portugal continua a ser, ao fim destes mais de vinte anos, um precioso segredo bem guardado, descoberto afinal apenas por um grupo de iniciados…

 

atualizado em Quarta, 23 Janeiro 2013 15:32
 

Subscreva Newsletter

Medicinas Não Convencionais


Receber em HTML?